Huffington Post diz que ilhas açorianas vão deixar de ser “os segredos mais bem guardados do Atlântico”


O Huffington Post, um agregador de blogues americano, escreveu que as ilhas açorianas são consideradas pelos Estados Unidos da América “os segredos mais bem guardados no meio do Oceano Atlântico”, mas que isso pode estar prestes a mudar. “Em breve, este muito bom exemplo de céu na Terra vai sar do desconhecimento”, lê-se. “Apesar de estarem a menos de cinco horas de voo da Costa Leste, os Açores permanecem desproporcionalmente impopulares em comparação com outros destinos insulares, devido a voos diretos limitados e talvez às preferências dos viajantes para locais de férias mais movimentados. Os Açores também têm a sua própria companhia aérea, chamada SATA”, lamenta, ainda, a autora do artigo, que explica, desta forma, porque os Açores ainda não têm o reconhecimento que deveriam ter.

Mas, Gabriela Landazuri Saltos, acredita que esta realidade poderá mudar, devido a várias razões: “Nos Açores pode passar os seus dias a saltar de ilha em ilha, a fazer mergulho livre, rapel na cascata, caminhadas pelos vulcões inativos e observação de baleias são alguns dos acontecimentos diários destas nove ilhas. Pode também explorar as antigas vilas piscatórias, as casas senhoriais, as igrejas do século XV, assim como, um lago subterrâneo, da ilha de Graciosa”. Salienta, também, que a UNESCO designou os Açores “Reserva da Biosfera” em 2009 pela sua impecável preservação e termina fazendo uma descrição sobre o arquipélago, que inclui “vários motivos para não deixar de visitar estas ilhas”: “Imagine praias esmeralda, lagos azuis deslumbrantes, pastagens verdejantes, cavernas vulcânicas, piscinas de lama borbulhantes e cascatas…”.

Related posts

Leave a comment